Dicas para Fotografar a Árvore de Natal

Com o Natal quase a chegar, é altura de fotografar a Árvore de Natal que desde o início de Dezembro nos tem deslumbrado com luzes e decorações perfeitas.

No entanto, fotografar a Árvore de Natal pode ser uma tarefa difícil quando queremos capturar a verdadeira essencia de todas as luzes e detalhes que surgem nos ramos. Como podemos fazê-lo? Veja as nossas dicas.

Fotografar a Árvore de Natal
Fotografar a árvore de Natal
1 – Use um tripé

Terá de conseguir fotografar a árvore de Natal com pouca luz e numa velocidade muito rápida, por isso é essencial colocar a câmara fotográfica num tripé para que não trema durante o disparo.

2 – Desligue o flash

O principal objetivo de fotografar a Árvore de Natal é conseguir imagens perfeitas das iluminações, se a opção do flash não for desligada a fotografia fica “lavada” e as luzes não têm o destaque que pretende.

3 – Aumente a abertura

De forma a conseguir um efeito bokeh, é necessário que a abertura da câmara fotográfica esteja bastante aberta. Recorde alguns pontos importantes sobre o efeito bokeh e outros tópicos de fotografia da decoração de Natal no artigo Fotografar os Preparativos de Natal: 4 Dicas.

4 – Faça um close up e feche a abertura

Na dica anterior sugerimos aumentar a abertura para criar o efeito bokeh, no entanto, para fazer um efeito brilho, como estrelas cintilantes, deve fechar a abertura da câmara fotográfica. Os efeitos close up (fotografar perto) nos ornamentos da árvore de Natal também funcionam muito bem quando está a capturar fotografias natalícias.

5 – Espere o pôr do sol

A árvore de Natal fica mágica depois do pôr do sol porque é quando se ilumina! Com as luzes ligadas, os brilhos transformam as imagens ao fotografar a árvore de Natal para algo com muito mais magia.

Fotografar a Árvore de Natal: enfeites

Aproveita as nossas dicas e poderá  ganhar  Álbum Digital Classic Slim Dreambooks no valor de 59,90€.

Para se habilitar a ganhar, partilhe na publicação do facebook  uma foto da sua árvore de Natal.

A foto da árvore mais original será a vencedora deste passatempo.

Pode participar até 25 de Dezembro de 2018. O vencedor será anunciado nesta publicação no dia 08 de Janeiro de 2019.

Se seguir as nossas dicas para fotografar a árvore de Natal vai conseguir imagens fantásticas da sua quadra natalícia para mais tarde recordar. Personalize os produtos da coleção de Natal com as imagens da árvore de Natal, ou então opte por recordar o Natal durante todo o ano com uma tela ou um quadro acrílico de parede.

O importante é que recorde bons momentos! 🙂

Como soltar o monstrinho de Halloween que há em ti!

Uuuuuuh!!!

Aproxima-se a festa do halloween, em que os mais pequenos podem viver em pleno aquela personagem maquiavélica que tão bem imitam nas brincadeiras dos assaltos aos castelos, das belas princesas desmaiadas ou dos destemidos príncipes enfeitiçados.

Podem, finalmente, e sem colocarem em causa a sua aura de meninos bem comportados, dar asas à imaginação e viver na pele papéis como o de feiticeiro, bruxa, vampiro ou fantasma.

Ainda que não seja uma tradição originária do nosso país, são cada vez mais os adeptos portugueses a celebrarem o dia com uma saída, um jantar, uma festa. Como pede a tradição, sempre fantasiados e a fazer travessuras, em casa ou na rua, a quem não lhes oferece um guloso doce.

As nossas pequenas crianças são quem mais se encanta com este mundo imaginário. Qualquer menino sonha colocar um cone na cabeça, uma vassoura numa mão e um globo de neve na outra. Qualquer menina deseja ser, ainda que apenas um dia no ano, uma monster high; podem maquilhar-se como sempre o fazem às escondidas das mães e desta vez não precisam de disfarçar os borrões que deixam por todo o rosto, e podem transformar em sapos todos os príncipes que não as tratam como merecem.

Assim, queridos pais, depois de terminarem as transformações nos monstrinhos, podem trazê-los a uma das nossas lojas Fotosport, para os fotografarmos num dos nossos cenários temáticos, para desta forma recordarem para sempre esses momentos “terroríficos”.

A Matilde no HalloweenDiabinho de Halloween Diabinho de Halloween

 

 

 

 

 

Estão na moda, por exemplo, os jantares temáticos, tão apropriados para um dia de outono, provavelmente cinzento e chuvoso, como a negra temática pede. Podia falar-vos de tantas outras matérias de Halloween, mas vou então focar-me nesta refeição gritante, de chorar e gritar, literalmente, por mais.

Podem começar por fazer, em conjunto com os vossos filhos, os convites para os amiguinhos da escola jantarem lá em casa. Devem personalizá-los com morcegos, esqueletos, caveiras, aranhas e toda uma panóplia de terror. Podem ilustrá-los juntos e colar uma foto dos filhos fantasiados, para mais tarde recordarem, por um lado, e para lembrarem aos convivas que há dress code nesse dia para o banquete dos pequenos feiticeiros.

Para a refeição, sugiro que elaborem mini pizzas ou sanduíches em forma de morcegos ou gatos pretos, um bolo com chapéu de bruxa, que usem legumes em tons de laranja e preto, os dominantes em qualquer festa de halloween. Que façam rostos assustadores com frutas diversas. E não podem faltar, claro, as maçãs caramelizadas. Coloquem no centro da mesa uma abóbora recortada com uma velinha dentro, bem protegida de mãos de bruxinhos delicados. Com algodão ou papel higiénico, podem sugerir teias de aranha por toda a sala e múmias fantasmagóricas como serviçais de mesa. E as famosas pinhatas com gomas horrorosas compõem o restante ambiente. Façam jogos, magias e outras diabruras apropriadas ao momento.

Bolo de Halloween Doces de Halloween

 

 

 

 

 

 

No final, recomendamos vivamente que ofereçam sacos de rebuçados, preparados também em conjunto com os vossos filhos com antecedência, para ofereceram aos convidados. Podem seguir com uma foto de grupo impressa , para ninguém do grupo misterioso se esquecer da aventura. Recomendamos vivamente estes sacos de rebuçados porque dizem que dá grande azar quebrar a tradição. E, neste caso, para que as travessuras dos seus filhos fiquem só mesmo pelo jantarinho em casa, responda à pergunta: “Doce ou Travessura?”, com sacos apetrechados: “Só por ser hoje, doces, claro!”

ahhh…. e não se esqueça faça muitas muitas fotos…..

Tenha estes momentos únicos sempre à mão, em fotos, telas, álbuns

Visite o nosso site ou dirija-se a uma das nossas lojas  com as suas fotografias, que nós vamos sugerir-lhe 1001 formas de decorar a sua casa de forma única e super original!

 

Bora lá…..

Bom Halloween….Uuuuuuh!!!

Surpresas para o Dia dos Avós

A 26 de Julho o dia é deles e por isso é importante começar a pensar em Pequenas Surpresas para o Dia dos Avós! Há formas simples e eficientes de retribuir todo o amor e paciência que os avós dedicam aos netos ao longo da vida e por essa razão deixamos algumas sugestões de surpresas para o Dia dos Avós. Com a ajuda dos pais, os netos podem fazer a delícia dos avós e deixá-los ainda mais babados neste dia.

surpresas para o dia dos avós

  • Regresso ao Passado

Mesmo o avô mais carrancudo se transforma num coração mole perto dos netos e qualquer altura é óptima para alinhar em brincadeiras. Uma das Surpresas para o Dia dos Avós que vai com certeza marcar miúdos e graúdos pelos bons momentos, é recriar alguns jogos, brincadeiras e aventuras descritas numa das mil histórias partilhadas nos almoços de família! Ouvidos atentos e imaginação são os ingredientes necessários para um dia bem passado!

  • Festa Pijama

Um dos momentos altos na vida das crianças é quando podem prolongar os dias de brincadeira em casa dos avós com as noites cheias de mimo! Porque não fazer uma festa pijama com todos os netos e deixar que sejam os avós o centro das atenções? Doces, guloseimas e refrigerantes à mistura, filmes de animação ou um acampamento no jardim são um extra para fazer desta uma das Surpresas para o Dia dos Avós mais inesquecível!

  • Banquete Surpresa 

Toda a gente sabe que ninguém cozinha como a avó, mas o Dia dos Avós é o dia ideal para mostrar que toda a gente tenta. Preparar um almoço ou um jantar de família surpresa para os avós, com a refeição preferida deles e com tudo aquilo a que têm direito vai certamente deixar os avós de coração cheio. O toque final é deixar pelo menos uma sobremesa totalmente ao encargo dos netos, sempre com a supervisão de adultos.

surpresas para o dia dos avós

No final do dia não se esqueçam que mais do que ninguém os avós dão imenso valor às recordações. E qualquer uma das surpresas para o dia dos avós dá um excelente foto livro com as fotografias dos melhores momentos do dia! É importante também mimá-los com prendas especiais, e para isso a Fotosport tem a coleção ideal, a coleção avós , com álbuns, telas e prendas personalizadas!

 

 

Festivais de Verão

Muito antes de Maio, o mês que inaugura o início dos principais Festivais de Verão, já os cartazes são anunciados e esperados por todos. Música rima com fotografia? Nós sabemos que não, mas é uma ótima dupla! E a Fotosport nunca passa ao lado dos grandes acontecimentos.

Fotografia de Hugo Lima - Festivais de Verão
Fotografia de Hugo Lima para NOS Primavera Sound

Entre os groupies, os fanáticos, os hipsters, os que vão pelo ambiente, os que gostam realmente da música e tantos outros, os cartazes dos Festivais de Verão são aguardados impacientemente de Norte a Sul para saber se vale ou não a pena programar uns dias de descontração.

A nossa escolha este Verão

Prestamos especial atenção ao NOS PRIMAVERA SOUND que nos brinda com um dos melhores cartazes para 2016. Este festival que decorre de 09 a 11 de Junho no Parque da Cidade do Porto apresenta artistas internacionais como Air e Sigur Rós, mas também nomes nacionais como os Linda Martini e Sensible Soccers. Para além da boa música, o evento – como em edições anteriores – promete dias recheados de momentos perfeitos para recordar. Parte da excelência deste festival deve-se à localização… ouvir um concerto por si só é bom, mas imagine fazê-lo ao pôr-do-sol num espaço amplo, verde e junto ao mar.

Fotografia de Hugo Lima - Festivais de Verão
Fotografia de Hugo Lima para NOS Primavera Sound

O que vestir nos Festivais de Verão

Para muitos festivaleiros o que vestir nos Festivais de Verão é irrelevante… E têm razão! O importante é desfrutar do momento. Mas ninguém quer ficar mal nas fotografias! Um dos mais recentes festivais internacionais, o Coachella, na Califórnia, prova que o que vestir nos Festivais de Verão é um tema muito recorrente: a H&M lançou uma coleção especial com o nome deste festival, a Vogue não parou de escrever artigos sobre os outfit de celebridades e vários foram os blogs e outras revistas que escreveram incansavelmente sobre o assunto. Por essa razão ficam algumas sugestões básicas para brilhar nos Festivais de Verão:

  • Mochila – Este ano estão na moda, por isso nada melhor do que aproveitar para ficar confortável e levar tudo aquilo que precisa numa mochila. Distribuir o peso pelo tronco em vez de suportar tudo num ombro só!
  • Ténis/Sapatilhas – Ou então uns botins (rasos). As sandálias podem não ser a melhor opção, saltos altos nem pensar.
  • Casaco de Cabedal – Apesar dos Festivais de Verão serem em meses – supostamente – quentes, prepare sempre um casaco que sirva de agasalho. O cabedal (ou imitação) é ideal para o caso de chuviscar.
  • Óculos de Sol – Se quiser ver algum concerto durante/ao final do dia.
  • Chapéu – Para além de estar na moda é muito útil em dias de sol, no caso de não estar um dia tão bonito pode optar por uma bandana ou uma fita.
  • Vestido, saias, calções ou calças depende do gosto pessoal e do festival em questão.
Fotografia de Hugo Lima - Festivais de Verão
Fotografia de Hugo Lima para NOS Primavera Sound

O importante é que se sinta bem e aproveite o momento, os Festivais de Verão são a altura perfeita para recordações memoráveis… Tente não ficar mal na fotografia! Ter um outfit perfeito é um bónus. 🙂

Fotografar em Dias de Chuva

Diz o ditado “Em Abril, águas mil…” e por norma não falha, mas é possível fotografar em dias de chuva! Chegada a Primavera e alguns raios de Sol que fazem desejar os dias quentes de Verão, Abril traz consigo a típica chuva da estação. Se a câmara fotográfica se preparou juntamente com o guarda roupa para tempos mais quentes, não precisa de desistir já da ideia!

fotografar em dias de chuva

Fotografar em dias de chuva: Algumas ideias

  • É muito importante proteger o equipamento fotográfico. Se a câmara fotográfica ou o smartphone não é à prova de água, deve tentar sempre mantê-lo seco e protegido das gotas de água e humidade com o guarda-chuva ou um saco plástico.
  • Opte por fotografar de dentro de casa ou do carro para fora, aproveitando a água que corre na janela para criar bonitas composições na imagem.
  • Crie planos diferentes. Foque as gotas que se formam nas superfícies (grades de varandas por exemplo), desfocando o segundo plano da imagem.
  • Procure guarda-chuvas coloridos que se destaquem no ambiente sombrio e citadino que este tempo proporciona.
  • Fotografe reflexos em poças de água como se fossem espelhos de outras realidades.

De um modo geral, todos os fotógrafos preferem fotografar com bom tempo. Infelizmente, ainda ninguém inventou uma máquina capaz de mudar as condições climatéricas, por isso vale a pena arriscar e fotografar em dias de chuva!

Há alguns pormenores técnicos que com a prática conseguirá contornar. Entre eles, o mais difícil poderá ser a questão da luminosidade. Ainda assim, uma fotografia tirada num dia dramático (como são os dias de chuva) resulta quase sempre numa autêntica obra de arte.

Está a chover hoje? Óptimo! Assim pode dar asas à sua imaginação e fotografar lindas imagens, como os exemplos em cima, para decorar a sua casa da melhor forma possível com obras de arte da sua autoria! 🙂