Focar as Fotografias

O objecto, a paisagem, o cenário, a luz, a câmara, estes e outros factores contribuem para a qualidade de uma fotografia. Mas todos perdem relevância se a foto não estiver bem focada.

E o que é uma fotografia bem focada?

As opiniões dividem-se, mesmo entre os fotógrafos mais reputados. Contudo, é geralmente aceite que uma fotografia bem focada apresenta uma imagem nítida, com linhas limpas, uma definição clara, por contraponto a linhas que se misturam entre si, imagens “tremidas”, entre outras “anomalias”.

Apresentamos-lhe de seguida, algumas dicas que deverá ter em conta para aumentar as possibilidades de conseguir uma imagem bem focada, para que depois a possa exibir orgulhosamente na decoração de sua casa.

Manter a estabilidade da câmara.

Grande parte das fotografias mal focadas devem-se à não estabilização da câmara. Se não tem um tripé, ou se não quer, ou não pode andar sempre com ele atrás, siga os seguintes conselhos, de modo a conseguir uma maior estabilidade da câmara:

»»» Fotografe com os braços junto ao corpo;

»»» Se a câmara estiver equipada com tecnologia anti-movimento como VR (Vibration Reduction – Redução de Vibração)  ou IS (Image Stabilization – Estabilizador de Imagem), use essas funcionalidades;

»»» Procure uma parede, uma árvore, um candeeiro ou outro objecto rígido, ao qual se possa encostar, de modo a manter o seu corpo e a câmara estáveis;

»»» Procure um objecto, por exemplo um muro, uma cerca, um banco de jardim, onde possa apoiar a câmara;

»»» Se possível, enrole a correia da câmara desde o cotovelo até ao antebraço. Assim, estará a criar a tensão suficiente para que a câmara fique “presa” à sua mão;

»»» Utilize o modo de disparo contínuo, para tirar várias fotografias de uma só vez. Aumenta, deste modo, as probabilidades de conseguir, pelo menos, uma boa foto;

Acessórios

Apesar de ajudarem bastante, nenhum dos conselhos anteriores é tão eficaz como a utilização de um tripé. Nem o mais perfeito homem-estátua do mundo garante tanta estabilidade como este útil acessório.

A variedade de tripés disponíveis no mercado é grande, havendo soluções para todas as carteiras. Como em (quase) tudo na vida, quanto mais estiver disposto a pagar, melhor servido ficará. Um tripé barato ajuda, mas não será tão fiável como um tripé mais caro, de boa qualidade.

Outra ferramenta bastante útil é um cabo disparador. Com este acessório, consegue disparar sem tocar na câmara, garantindo que não ocorre o mínimo movimento. Se não tem o cabo, ou se a sua câmara não está preparada para ele, utilize o temporizador de disparo automático. Conseguirá, na mesma, tirar a foto, sem mexer a máquina no momento do disparo.

Conclusão

Fica claro que a estabilidade é o ponto de partida para conseguir uma foto nítida e bem focada. Experimente e vá aperfeiçoando a sua técnica. Quando estiver satisfeito com o resultado final, experimente ampliar. Na Fotosport encontrará diversos formatos de ampliação, aos melhores preços.

We ♥ Weddings – Centros de Mesa

Hoje vamos dar algumas ideias originais para separadores de mesa!
Depois de distribuir os convidados por mesas, é sempre um problema arranjar uma forma original de identificar cada uma! Pode optar por numerá-las, assim não tem tanto trabalho. No entanto, um papel com um número não é suficiente para o glamour da sua cerimónia. O nosso conselho? Fotografias! Muitas fotografias! Não há nada mais pessoal e fofo do que partilhar os melhores momentos do casal com os convidados!

#1 Separador Básico

Imprima as fotografias mais originais e com mais significado que tem e faça separadores! Como? Muito simples, basta comprar um porta-papéis de mola e colocar lá a sua fotografia! O seu porta-papéis pode ser muito simples porque o importante está na imagem!
Só precisa de ir a fotosport.pt e imprimir as imagens que quiser no formato que mais lhe agradar!

separador 1

#2 Estendal de Fotografia

As molas estão na moda! De cores ou de madeira, ficam sempre bem! O que acha de imprimir muitas fotografias e pendurar no seu arranjo de mesa? Pode imprimir fotos por tema, ou seja, a “mesa de férias”, a “mesa de festas”, a “mesa de casa”, e as fotografias do casal vão ao encontro dessa temática! Pode ainda fazer uma sessão fotográfica alusiva a temas diferentes especialmente para o seu casamento! Depois, estende as fotografias numa corda à volta das flores! Lindo!

separador 2

#3  Acrílicos de Mesa

Se quer dar destaque só à sua fotografia experimente o acrílico de mesa! Escolha as suas melhores fotografias e faça os acrílicos para colocar no centro de mesa! Quer ideia mais original e pessoal? Os seus convidados vão adorar!

separador3

We ♥ Weddings – Convites II

Como prometido no post anterior sobre os Convites de Casamento vamos dar algumas dicas de como fazer em casa os envelopes para os Convites! Pesquisamos algumas soluções fáceis e que sejam compatíveis com os Convites de Casamento da Fotosport para vos facilitar o trabalho!

  • Convites com Renda
Imagem de Invita.com.br
Imagem de Invita.com.br

Para fazer estes convites precisa de renda (pode comprar em qualquer loja de tecidos), papel com gramagem mínima 350 e cola branca (encontra em papelarias e hipermercados), uma tesoura, uma régua, um rolo ou pincel para espalhar a cola, fita ao seu gosto (para fazer laços).

Antes de começar, para facilitar o trabalho, recorte o papel para uma medida aproximada do A4 e faça o mesmo com a renda!

Como fazer:

1) Coloque o convite ou um papel com a medida  igual ao convite sobre a folha de gramagem mínima 350 para saber qual a medida que as abas devem ter. Depois vinque no sítio onde mediu.
2) Vire o papel ao contrário e coloque cole branca com o rolo/pincel no papel com gramagem mínima 350. Espalhe bem.
3) Coloque a renda sobre o papel bem esticada. Deixe secar completamente.
4) Depois de seco, corte as sobras de renda, caso existam.
5) Posicione o convite no interior do papel rendado, feche-o. Envolva o papel rendado com a fita e faça um laço.

Feito! :) Este “envelope” não é ideal para enviar pelo correio mas é excepcional para entregar em mão aos convidados não acha? Fica excelente com o convite de casamento rectangular da Fotosport  ou com o layout  do convite de casamento “casamento 2

  • Convite Papel Prenda
Imagem de kojo-designs.com
Imagem de kojo-designs.com

Para fazer estes convites precisa de papel de embrulho o mais grosso possível (pode comprar em qualquer papelaria ou hipermercado), plástico de bolhas (encontra em grandes superfícies como a stapples e o aki), uma tesoura, uma pistola de cola quente e recargas, linha e uma agulha (é preferível uma máquina de costura caso tenha), um furador e fita do seu gosto.

Como fazer:

1) Corte um pedaço do papel de embrulho com o dobro do tamanho do seu convite. Dobre a meio.
2) Corte dois pedaços do plástico de bolhas. Cada um deve ser ligeiramente menos do que as suas duas metades do papel de embrulho.

3) Com a pistola de cola quente, cole cada pedaço de plástico de bolhas ao centro de uma metade do papel de embrulho. Deixe secar.
4) Feche a folha de embrulho e cosa com linha/máquina dois lados do envelope. Lembre-se que tem de deixar o lado oposto ao dobrado aberto para poder colocar o convite!

5) Use a tesoura para acertar falhas no papel caso existam!
6) Para fechar o envelope pode colocar o convite e coser a parte superior ou então antes de colocar o convite pode furar a parte superior com o furador e usar a fita para fazer um pequeno nó. Use a sua imaginação.

Voilá! Originalmente lindo e perfeito! Este é o nosso preferido e fica bem com qualquer um dos nossos convites! O que achou?

Dê-nos a sua opinião e experimente as nossas dicas!

We ♥ Weddings! – Convites

Os Convites de Casamento são parte muito importante da cerimónia. É neste momento que os convidados percebem como vai ser o estilo do casamento: tradicional, moderno, informal, simples, formal, divertido.
No entanto, pode optar por um convite discreto e a cerimónia ser em grande! Não há regra sem excepção! E como em todas as etapas de planeamento de um casamento é complicado escolher o tipo de convite mais adequado! Por essa razão este artigo existe para lhe facilitar a vida!

convites 1

 

1# O convite de casamento

Na Fotosport temos modelos standard impressos por tecnologia laser digital em papel couché de alta gramagem completamente personalizáveis! Traduzido por miúdos: basta escolher o seu layout preferido, o tipo de letra, introduzir o texto e se quiser algumas imagens! Envia-nos e nós tratamos do resto! Demora cerca de 15 minutos a ter o seu convite pronto a imprimir!
Pode optar pelo formato rectangular ou por um dos 3 layoutos do formato quadrado.

# O texto

Existem algumas referências que são essenciais de referir no convite. O nome dos noivos, o dia, a hora e o local da cerimónia são imprescindíveis. Deve ainda colocar-se a data de confirmação e os respectivos números/endereços para os quais deve ser feita. O corpo do convite em si pode variar conforme a originalidade dos noivos.

Exemplo:

Ana  &  Bruno
No dia mais importante da nossa vida, desejamos que aqueles que mais amamos partilhem da nossa felicidade!Assim, convidamo-lo(s) a estar(em) presente(s) na celebração do nosso casamento, que se irá realizar no dia 16 de Agosto de 2014,pelas 11:30 horas na Igreja Paroquial de São Bento. Agradecemos confirmação até ao dia 16 de Julho de 2014.

O conteúdo está pronto, certo? E é muito fácil!
Na próxima publicação vamos dar algumas dicas de como fazer envelopes, lacres ou fitas em casa de forma original para enviar um convite ainda mais personalizado! ♥

Fotografia debaixo de Água

Verão, calor e mergulhos. Palavras de ordem para explorar novas formas de fotografar e novos locais!
Ao que parece, o típico retrato não é forte o suficiente então várias são as pessoas que se arriscam nas fotografias debaixo de água! Tornam-se mais dramáticas, mais desafiadoras! Várias fotografias que se vêem nas redes sociais e um pouco por toda a Internet levam-nos a querer experimentar as nossas águas, mas como é de presumir, não é assim tão fácil quanto aparenta!

agua 1

 

Câmaras e Caixas

Existe uma infinidade de máquinas próprias para tirar fotos debaixo de água, são conhecidas como subaquáticas. Mas a nossa intenção é que tirem as fotografias com máquinas digitais e felizmente é possível entrar na água com elas! É necessário comprar uma bolsa-estanque. Estas bolsas servem para proteger a máquina. Se o seu objectivo é mergulhar a níveis de profundidade maiores, existem as caixas-estanque.

A primeira coisa de que se vai aperceber quando estiver com a sua máquina debaixo de água é que tudo é mais difícil. Escolha bem a sua bolsa estanque e tudo ficará mais fácil.

Planear os Elementos

Se procura tirar retratos subaquáticos, pode começar a pensar na sua posição para fotografar. Depois precisa ter em conta que a água é clara, calma, e tem uma boa luz sobre ela. Uma piscina será a maneira mais fácil de começar, mas o desafio de fotografar no rio ou no mar é divertido.

Existirão sempre momentos melhores que outros para fotografar. Se conhecer a luz e as águas da sua zona pode optar por fotografar durante a manhã ou durante a tarde. Aconselhamos a que familiarize com o local antes de arrastar o modelo e o pequeno exército de assistentes para a sessão.

agua 2

Trabalhar com Modelos e Assistentes

O modelo e assistentes devem ser nadadores confiantes com muita experiência. Este factor é importante por razões de segurança, mas também por razões mais superficiais. Um nadador experiente saberá como se mover graciosamente na água, sem criar bolhas ou ficar em pânico. Não se deve esquecer que um bom nadador em piscina pode não ser um forte nadadores do oceano! Existem variáveis como correntes, ondas e vida oceânica.

Deve ter pelo menos um assistente na água para ajudar quando necessário.  Ao seleccionar um assistente, é mais importante que seja um bom nadadores do que um fotógrafo experiente. Tente ter uma terceira pessoa no local para assistir e auxiliar caso seja necessário. A segurança vem em primeiro lugar.

agua 3

 

Dicas para obter a Fotografia Perfeita

#1 No máximo mergulhe até 7 metros da superfície, assim mantém a luz e o tom da pele fica verdadeiro
#2 Use uma lente angular para eliminar a nebulosidade causada pela distância modelo/máquina
#3 Tente usar adereços e vestidos fluídos, dão surrealismo aos seus retratos
#4 O balanço de brancos pode ser um desafio especialmente debaixo de água. Use uma configuração personalizada no modo manual
#5 Quando for o momento de fotografar peça ao seu modelo para mergulhar o mais profundo possível, manter-se na pose e flutuar até à superfície. Vai evitar que a água distorça a imagem
#6 Procure os raios de luz na água e use-os como iluminação natural
#7 Nade ao redor do modelo, sob ele, para cada lado dele até encontrar o ângulo perfeito