A Importância das Memórias

Quantos de nós já não encontrámos, em casa dos pais ou dos avós, caixas cheias de fotografias antigas? E slides, ou negativos?

Quantos de nós já não passámos serões a ouvir histórias do passado através dessas fotografias? São memórias, são recordações que fazem parte daquilo que somos. São o caminho que percorremos. E que adoramos sempre rever.

Já imaginou se por algum motivo perde estas recordações? É como se todo o seu passado se apagasse. São memórias que já não estarão sempre ali à mão para serem vistas e partilhadas.

E é por isso que para nós as suas memórias são tão importantes! É por isso que deve sempre preservá-las ao máximo, pois esses momentos não voltam a repetir-se. Como diz a canção: recordar é viver. E nós somos muito mais felizes ao recordar bons momentos. Esse é o nosso lema. E por isso garantimos a preservação das suas memórias.

Ao trazer as suas fotos até nós, damos-lhe a possibilidade de as preservar ou até mesmo de as recuperar.

Através da digitalização passamos as suas fotografias, slides ou negativos, para formato digital, podendo depois aplicá-las nas mais variadas formas: gravá-las num DVD; imprimi-las para oferecer aos seus entes queridos – oferecer recordações de bons momentos são sempre presentes com sucesso garantido – ou até mesmo construir um álbum digital com elas ( esta é, aliás, uma das melhores formas de preservar as suas fotografias, dada a durabilidade e resistência do produto).

Mas vamos mais além e também o ajudamos a recuperar aquela fotografia especial que achava que já não tinha salvação. Muitas vezes temos lá por casa fotografias danificadas pela humidade, com manchas, coladas ao vidro da moldura, com a cor alterada pelo passar do tempo…um sem número de factores que lhes tiram a beleza que outrora tiveram. Na maior parte dos casos temos solução para esse problema e conseguimos dar uma nova vida às suas fotografias, tratando a imagem digitalmente.

Vê o exemplo que te mostramos, do antes e depois, de um trabalho de retoque elaborado na nossa Fotosport Fonte Nova:

A Fotosport tem ao seu dispor packs  para digitalização em grande quantidade, para que assim possa de uma forma mais económica guardar as suas memórias de uma forma mais prática e segura.

 

 

 

 

 

 

Fotografar ao pôr-do-sol

Todos nós já tentámos fotografar o pôr-do-sol e conseguir capturar os tons de laranja, vermelho, rosa e azul que dele resultam, mas nem sempre conseguimos o resultado que esperávamos. Ou sai demasiado claro, ou demasiado escuro, ou as cores não ficam tão vivas. O pôr-do-sol é dos temas mais fotografados pelo mundo inteiro, a fotografia cliché, mas nem todos conseguem captar a beleza deste momento de maneira justa.

Aqui encontrarás algumas dicas para capturar o pôr-do-sol perfeito!

Não saias de casa em cima da hora

Aconselhamos a que saias de casa cedo, uma hora antes de o sol se pôr é o ideal. Isto porque durante o pôr-do-sol, a luz muda relativamente rápido e não sabemos ao certo quando é que a luz estará mais bonita e quando é que o céu ficará com as cores mais vivas: geralmente, é mais perto do anoitecer. Tira várias fotografias com os diferentes tipos de luz e espera até não haver sol, assim terás a certeza de que captaste o momento certo.

Pôr-do-sol

Procura o local ideal

Despende algum tempo a escolher o melhor local para captares o pôr-do-sol. Não basta ter só céu, existem muitos elementos nas paisagens envolventes que podes usar para que a tua imagem seja original. Procura silhuetas e reflexos e vai experimentando vários ângulos e enquadramentos. A praia ou um ponto alto da cidade são duas opções que deves considerar. O reflexo do sol e as cores do céu na água dão imagens espectaculares, assim como as silhuetas de pessoas, montanhas e prédios vão fazer com que a tua fotografia ganhe vida.

A técnica é importante

Se fotografares em modo automático, certifica-te que a medição da luz seja feita ao centro para que a tua máquina possa calcular a velocidade e a abertura necessárias para fotografar o pôr-do-sol com as cores e luz mais aproximadas da realidade.

Para obteres resultados mais satisfatórios aconselhamos a que te aventures a fotografar em modo manual, assim irás obter cores mais bonitas e luz mais precisa.

Configura o balanço de brancos da tua câmara fazendo alguns testes para veres em que modo resultam melhor as cores.
Se deixares o balanço de brancos em modo automático poderá resultar, mas como estamos a lidar com cores fortes e vivas, em modo automático a tua câmara pode fazer alterações às cores reais por isso aconselhamos-te a experimentares outros modos, como por exemplo o modo luz do dia ou o modo sombra.

Pôr-do-sol

Usa um tripé para estabilizar a tua câmara fotográfica, assim poderás fotografar em velocidades de disparo mais baixas o que te permite baixar o valor do ISO e assim a imagem fica com menos grão. Irá permitir-te também uma maior abertura do diafragma alcançando assim um maior campo de foco.

Pôr-do-sol

Para que o sol e o céu não fiquem demasiado claros e esbranquiçados, e para que as cores tenham mais ênfase, muitas das vezes, terás de escurecer a fotografia intencionalmente. Poderás fazê-lo aumentando a velocidade de disparo ou fechando mais a abertura do diafragma.

Pôr-do-sol

Nestas situações vais ter pouca luz, por isso, o melhor é focares manualmente. Em foco automático a tua câmara pode ter dificuldade em encontrar um ponto de focagem.

Pôr-do-sol

Atenção! Não deves expor nem apontar directamente a tua máquina fotográfica para o sol durante muito tempo porque poderá danificar o sensor.

Vai experimentando e alterando as configurações até conseguires o resultado que esperas!

Pôr-do-sol

Temos a certeza que vais conseguir imagens incríveis e ideais para decorares as paredes de tua casa 🙂