Os Nossos Materiais de Decoração

A Decoração tem vindo a ganhar destaques nos nossos interesses. Cada vez mais procuramos soluções para dar cor às paredes lá de casa, dar-lhes uma nova vida e preenchê-las com os momentos mais especiais, com as nossas recordações mais felizes.

A inovação trouxe-nos oportunidade de, hoje em dia, podermos imprimir as nossas fotografias das mais variadas formas, dando-lhes o reconhecimento que tanto merecem.

Foi a pensar nisso que a Fotosport se dedicou a esta área da decoração, e criou várias opções que nos permitem decorar a nossa casa de uma forma personalizada e original.

Alumínio

O Alumínio é talvez o produto com mais “apaixonados” nas nossas lojas, sobretudo pelo efeito que confere ás fotografias, diferente daquilo a que estamos habituados a ver, considerado um produto de excelência muito moderno e invulgar.

A imagem é impressa directamente sobre um painel de alumínio Dibond de 3mm. Neste caso a particularidade é que tudo aquilo que for branco na sua fotografia vai ficar da cor do alumínio, dando um brilho muito particular ás suas recordações. Em fotografias a preto e branco o efeito fica ainda mais interessante, dando um particular destaque ao momento retratado e dando uma nova vida à decoração lá de casa.

Acrílico

Outra das opções é a impressão directa UV da fotografia em acrílico.

A imagem impressa directamente no acrílico (espessura de 5mm) confere-lhe um acabamento brilhante que dá um toque extra às suas imagens. No acrílico há que ter em atenção se junto aos cantos da imagem existem ou não pormenores importantes, devido aos 4 orifícios onde se vão encaixar os pinos metálicos para o suporte.

Estamos habituados a ver este tipo de material na entrada de lojas/restaurante/hotéis, já que o acabamento brilhante chama bastante a atenção. Daí que para a decoração da sua casa seja também uma óptima opção, já que o destaque numa parede é bastante evidente e muito original. Temos a certeza que no próximo jantar de amigos lá em casa, o seu acrílico vai ser tema obrigatório de conversa!

Telas

As telas são também um formato muito procurado nas nossas lojas. De vários tamanhos desde o tamanho 20x20cm até 100x140cm, esta é uma opção que alia a qualidade ao preço. Com as telas conseguimos com um orçamento modesto criar alternativas interessantes para a exposição das usas melhores fotos. Além disso existem duas opções de tela:  fineart com um acabamento profissional e natural que oferece uma estrutura de trama fina de algodão e é particularmente adequada para a impressão de criações artísticas. O seu alto grau de brancura proporciona cores vivas e frescas e realça os contrastes entre os brancos e os pretos.

A tela sintética é composta, como o próprio nome indica, por uma fibra “não natural” que consegue um bom compromisso em relação à qualidade/preço. Ambas possuem características diferentes mas que, certamente darão à sua casa um foco mais pessoal.

PVC

Este é provavelmente o material de decoração mais vendido nas nossas lojas. Principalmente por ser dos três o mais económico e ainda assim ser extremamente resistente.

O PVC ( com uma espessura de 5mm) é ideal para colocar no exterior pela sua resistência ao tempo e à luz, tornando ainda mais original a decoração da sua casa. Vem com um distanciador de madeira, para ser prático de pendurar. Este distanciador ajuda também a que o PVC se destaque na parede.

As nossas sugestões de decoração primam por serem extremamente resistentes a qualquer tipo de condições –  mesmo em condições de exposição solar ou humidade, estes materiais mantém-se inalterados, mantendo as suas melhores recordações sempre intactas!

É também um material muito leve, e super prático de limpar (o que dá muito jeito nas lidas da casa!) e fica bastante destacado na parede.

É um material simples, que facilmente são conjugados na parede com outro tipo de materiais ou molduras.

Para dar um toque final temos também a possibilidade de emoldurar o pvc, assim como outros materiais semelhantes como o kline ou smart-x com molduras de diferentes cores e estilos.

 Emolduramento

Enquadrado no setor da decoração, o emolduramento é cada vez mais procurado pelos nossos clientes pelas possibilidades que este permite. Já pensou em decorar a primeira chupeta ou carapim do seu filho? Nas nossas lojas é possível! Além de emoldurarmos à medida qualquer foto ou uma ampliação fazemos emolduramento de objetos, uma prática cada vez mais comum que permite manter consigo algo que lhe é muito querido e que perdurará no tempo sem se danificar.

Os artigos de decoração além de ser uma óptima sugestão para darmos vida e decorarmos as nossas casas, é também algo que podemos oferecer a quem mais gostamos. Uma prenda original, que qualquer um vai adorar receber pela sua criatividade! Seja que material escolher, vai adorar o resultado final. E acima de tudo, vai poder olhar para a parede onde os colocar, e fazer aquilo que é mais importante: recordar bons momentos!

 

PRINT YOUR LIFE

Antes do advento da fotografia digital, imprimir as suas fotografias era a única forma de vê-las. Era através da impressão das nossas fotos que víamos e relembrávamos a evolução do crescimento dos filhos, as rugas que antes não existiam, os olhares apaixonados e cúmplices a preto e branco do casamento.

 

Imprimir as suas fotos fazia com que as imagens ganhassem vida, contassem uma história. O toque pelas fotos despertavam estímulos como se pudéssemos fechar os olhos, ser transportados àquele exato momento e reviver emoções como se fossem “agora”.

Revelar aquele rolo fotográfico era a única forma de poder compartilhar com os amigos e familiares a sua história de vida. A caixa de sapatos ficava cheia de histórias para contar, e aquela moldura onde várias fotos foram passando mostravam-nos como fomos crescendo. A mesa da entrada repleta de passepartouts dos filhos, netos e familiares eram o reflexo da nossa árvore genealógica.

Nessa altura, as fotografias que tirávamos eram o retrato de uma época, um lugar, uma família e sempre que olhávamos para elas sentíamos de novo o cheiro daquele sítio, o abraço do filho mais traquina, o sabor de estar em casa.

Todos esses momentos, com a era digital ficaram um pouco adormecidos.

Acomodamo-nos por pensar que é mais fácil, é mais rápido e por isso, temos todas as nossas fotos no telemóvel, ou no computador.  Bem, se acha que esta é a melhor solução pense no seguinte: E se de repente perdesse o seu telemóvel? Ou se o computador cai? E aquele disco a que lhe chama “Backup” simplesmente deixasse de funcionar como tantas vezes acontece? As suas fotos estariam a salvo? Cada vez mais os materiais digitais são tão úteis como falíveis.

Pensar que asseguramos a nossa história, ou a história da nossa família no telemóvel ou computador é um erro cada vez mais comum. Já imaginou se todas aquelas fotos que foi tirando ao crescimento do seu filho, ou aquelas fotos das férias paradisíacas simplesmente fossem perdidas, sem qualquer recuperação possível? Pois é, muito mais se iria perder do que apenas um equipamento informático, acima de tudo iria perder a sua história, algo que fez parte da sua vida.

Nós temos uma solução para esse problema! Imprima as suas fotos! Em papel, numa caneca, numa almofada, numa tela ou num álbum digital Dreambooks. Em qualquer formato, superfície, objeto ou tamanho. Salvaguarde as suas imagens ao expor e revelar as suas fotos em diferentes suportes. A sua imaginação é o limite para criar objetos únicos e personalizados com os melhores momentos da sua vida.

As fotografias impressas em papel ou em álbuns digitais, tornam-se quase como uma herança para as futuras gerações. Uma Herança cheia de boas recordações, de momentos, de emoções que certamente vão arrancar-nos grandes sorrisos sempre que os virmos.

Faça os seus convidados sentirem-se em casa ao ver aquela foto tirada há anos numa tela no hall de entrada. Ou aquela foto em família do natal do ano passado em grande destaque emoldurada com tanto carinho na sala de estar.

Não coloque a sua família como um espectador da sua vida ao ver as fotos no ecrã do telemóvel ou computador, mas sim, que faça parte do seu dia-a-dia, por exemplo, ao colocar a vossa foto no seu porta-chaves, assim estarão sempre consigo até mesmo quando sair de casa.

Conte a sua história e envolva as pessoas ao mostrar o crescimento do seu filho num álbum digital. Irá certamente recordar-se de todos aqueles momentos com outro sabor. Todos os sentidos serão despertados a cada toque no folhear das páginas daquele álbum.

Quantos de nós já passamos ótimos momentos ao mostrar os nossos álbuns das nossas férias, ou das nossas ocasiões especiais em convívios com os nossos amigos. São sempre momentos divertidos de partilha de boas experiências que não teriam o mesmo valor se fosse mostrado no ecrã de um computador.

Crie objetos que além de decorar a sua casa, irão dar cor aos seus dias e farão com que nunca se esqueça do que realmente é importante nesta aventura e correria que é a vida.

Acima de tudo, não queremos que deixe as suas fotografias esquecidas para trás. Queremos que possa sempre recordar bons momentos!

Relembre-se que, o mais importante são os momentos que passamos, as histórias que temos para contar, os sítios e pessoas que conhecemos e que vão fazendo parte de nós. No fundo, todas as imagens que temos guardadas são o retrato da nossa vida, são o testemunho dos feitos que realizamos, das pessoas que amamos, e daquilo que verdadeiramente somos.

 

www.fotosport.pt

Emoldurar uma chave | DIY

Emoldurar uma chave é uma tarefa que parece difícil mas a verdade é que pode fazê-la em casa! A Fotosport oferece o serviço de emolduramento em loja, no entanto, pode tentar emoldurar uma chave com estes passos Do It Yourself (DIY – faça você mesmo). Se não conseguir ver as imagens pode clicar nas mesmas que abrirão num novo separador.

A História especial deste “Emoldurar uma Chave”

Antes de começar gostava que os leitores conhecessem esta chave. Representa tudo o que é a Fotosport: memórias, recordações e alegria. Foi fruto de uma etapa da minha vida como as 200 fotografias que preenchem grande parte das paredes de casa.  Agora teve uma utilidade muito mais original do que ficar guardada numa gaveta.

Esta chave representa a minha primeira casa, a minha independência e a cidade onde – até hoje – mais gostei de viver. No entanto, por um defeito nunca foi capaz de cumprir a sua função e abrir a porta! Ainda assim, o que conta é a intenção e o que fica são as recordações! 🙂

DIY – FAÇA VOCÊ MESMO

Este DIY (Do it Yourself) para emoldurar uma chave será dividido em duas parte. A primeira será para tratar da decoração e a segunda para conseguir suportar a chave.

PARTE I

Material: Folha A4 espessa (tipo cartolina) | Moldura com alguma profundidade | Lápis | Escantilhão |  Pincel muito fino | Tinta acrílica ou Verniz das unhas

DIY faça você mesmo o emolduramento de chaves

1- Para emoldurar uma chave convém estar consciente do tamanho da moldura e do espaço que a chave ocupa no interior, para perceber o espaço restante para escrever. Por isso, com o lápis trace as linhas que achar necessárias para limitar estes perímetros.

2- Depois de delimitar a área de desenho, use o escantilhão e o lápis para escrever  o que deseja que fique na sua moldura. O escantilhão permite-lhe fazer letras bonitas no caso de a sua caligrafia não ser a melhor! No meu caso, optei pelo código postal e a cidade, mas para emoldurar uma chave pode colocar qualquer frase que fica bem!

Para pintar (definitavemente) o que quer escrever ao emoldurar uma chave, pode optar pela tinta acrílica ou por um verniz das unhas. Dão os dois resultado.

emoldurar uma chave

 

3 – Optei pelo Titan Acualux para escrever o nome da cidade “Porto”. Com a ajuda de um pincel muito fino, fui prenchendo as letras que já tinha desenhado a lápis e o resultado foi perfeito.

4 – Utilizei um Verniz Kiko de secagem rápida para escrever o código postal. Como o pincel deste verniz é especialmente grosso, limpei o pincel que tinha utilizado para a tinta acrílica e utilizei na mesma o pincel fino. O verniz é mais dificil de espalhar do que a tinta acrílica no entanto o resultado é o mesmo e é mais fácil de comprar para muitos leitores (provavelmente até têm em casa, como eu)

PARTE II

Material: Tesoura | Lápis | Prego pequeno | Chave de Fendas tipo estrela – muito fina de preferência | Fita – ou cordão |

DIY emolduramento de chaves

1 – Recorte a zona que na Parte I tinha delineado, ou seja, o que vai ficar na sua moldura. Se necessário coloque novamente a moldura sobre a folha A4 e mais uma vez sublinhe.

2- Coloque a chave onde gostaria que ficasse e desenhe 2 a 4 pontos com o lápis. Depois coloque o papel sobre a parte de trás da moldura e com o prego pressione de forma a marcar/furar a folha e parte de trás da moldura. (Tenha especial atenção neste passo para não partir a parte de trás da moldura)

3- Depois de completar o passo 2 vai conseguir ver os pequenos furos impressos na parte de trás da moldura. Com a chave de fendas tipo estrela tente furar/ abrir mais os pontos. Deve fazê-lo com a máxima delicadeza para não partir a parte de trás da moldura, experimente rodar pacientemente a chave de fendas em vez de pressionar contra a placa de madeira/ cortiça.

Com todos os furos feitos, é altura de colocar a chave no sítio correcto recorrendo à ajuda de um cordão ou fita.

DIY faça você mesmo emolduramento de chaves

4 – Como os furos podem ser pequenos, utilize o prego para ajudar a passar a fita – da frente para trás – primeiro faça-o na folha e depois na parte de trás da moldura para ficar uma sobreposta à outra.

5 – Assim que conseguir passar a fita pelos furos, coloque a chave na posição desejada, vire a parte de trás da moldura e dê um nó bastante forte para segurar a chave.

6 – Coloque a parte de trás da moldura (parte de madeira/ cortiça que trabalhou até agora) na moldura em si e feche as seguranças de metal de forma a ficar realmente seguro. Se virar a moldura, como pode ver, já tem o seu projecto terminado!

Emoldurar uma chave afinal não é assim tão complicado, ou é? Dê-nos a sua opinião nos comentários! 🙂

 

3 Ideias para dares vida às tuas Fotografias Instax Mini

O que fazes às tuas fotografias instax mini depois de as tirares?

Hoje quero dar-te 3 ideias super simples. Podes fazê-las em tua casa, em poucos passos, e assim dares vida às tuas fotografias instax mini.

Moldura com 9 fotografias instax mini

Material necessário:

– 9 fotografias instax mini
– uma cartolina ou papel colorido com padrão (como as fotografias são de rebordo branco, o padrão colorido de fundo ajuda a realçar as tuas fotografias). A cartolina que vês na imagem, foi comprada na Papelaria e Livraria Modo, muito perto da nossa Fotosport de Massamá, mas com certeza não será difícil de arranjar noutras papelarias. Tem imensos tipos de papéis e cartolinas com cores e padrões diferentes para te poderes inspirar!
– um x-acto ou uma tesoura (o que te der mais jeito para cortar a cartolina/papel)
– 9 molas de metal
– super-cola

Material necessário
Material necessário

Vais precisar também de uma moldura com caixa (não precisa de ser muito funda, basta ser o suficiente para que as molas caibam). Eu escolhi uma moldura 30cm x 40cm prateada, simples. Poderás encontrar este modelo em qualquer loja Fotosport.

 Agora que já tens tudo, vamos lá começar!

Passo 1 – Corta a cartolina/papel à medida da moldura, neste caso 30cm x 40cm. Posiciona as molas na cartolina/papel primeiro antes de as colares, assim tens uma ideia do espaço que irás precisar.

Passo 1 - Moldura com nove fotografias instax
Passo 1

Passo 2 e 3 – Cola as molas na cartolina. Caso seja necessário, usa uma régua para te ajudar a colocar as molas na posição correcta.

Passo 4 – Vai colando as molas e colocando as fotografias.

Passo 5 – Por último basta pôr a montagem na moldura

Moldura com nove fotografias instax

…e escolheres o melhor sítio para a pendurar!


Moldura com 3 fotografias instax mini

Material necessário:

– 3 fotografias instax mini
– uma cartolina ou papel colorido com padrão. A cartolina que vês na imagem também foi comprada na Papelaria e Livraria Modo.
– um x-acto ou uma tesoura
– fita-cola
moldura com caixa. Como são apenas 3 fotografias eu escolhi uma moldura 20cm x 30cm prateada, do mesmo modelo que a anterior. Poderás também encontrar este tamanho em qualquer loja Fotosport.

Material necessário - Moldura com três fotografias instax
Material necessário

Tudo pronto? Vamos lá!

Passo 1 – Corta a cartolina/papel à medida da moldura, neste caso 20cm x 30cm.

Passo 2 – Posiciona as fotografias na cartolina/papel primeiro antes de as colares, assim tens uma ideia do espaço que irás precisar.

Passo 3 – Faz um rolinho de fita-cola e cola por trás das fotografias.

Passo 4 – Cola as fotografias na cartolina/papel e coloca na moldura.

Moldura com três fotografias instax

E aqui está!

 

Fotografias instax mini personalizadas

Material necessário:

– fita-cola colorida, mais conhecida como washi tape. Esta que vês também foi comprada na Papelaria e Livraria Modo.
– tesoura
– as tuas fotografias instax mini

Material necessário
Material necessário

Passo 1 – Começa por colocar a fita-cola na parte maior do rebordo da fotografia instax.

Passo 2 – Depois cobre os outros lados.

Passo 3 – Dobra a fita-cola para a parte de trás da fotografia para que não saia com facilidade.

Passo 4 – Corta com a tesoura o que sobra da fita-cola.

Cá está ela! Procura fita-cola com vários padrões e assim tens as tuas fotografias instax mini  personalizadas!

Instax colorida com fita cola

Caso não tenhas uma instax mini, podes adaptar estas ideias ás fotografias instax wide e polaroid.
Faz e partilha connosco o resultado final na nossa página do Facebook!

A Fotografia é uma viagem sem fim

7 horas da manhã. O dia ainda não nasceu. Sigo viagem no alfa pendular com destino ao Porto. Sinto um friozinho na barriga quando viajo, como se fosse sempre a primeira vez.

Cada vez que viajamos a experiência é diferente, mesmo que o destino seja o mesmo. Até podemos fazer exactamente as mesmas coisas, igualzinho sem tirar nem pôr, que o nosso olhar será sempre diferente!

Gosto de viajar, de descobrir novos lugares, novas gentes. Definitivamente, tenho a génese dos nossos antepassados no meu sangue. Daqueles que partiram por esses mares em busca de novos portos onde atracar, novas culturas para conhecer, novos horizontes…

Viagem ao Porto: Rio Douro e Ponte D. Luiz
Fotografia de Ana Rita Noura Silva

Olho pela janela e o sol já dá o ar da sua graça, já nos dá os seus bons dias. Digno de uma fotografia. Lá, naquele horizonte que parece tão distante e tão perto ao mesmo tempo. Naquele lugar que não sabemos muito bem onde é mas que admiramos.

A viagem dura quase 3 horas. Horas em que podemos registar tantos momentos. Tenho por companheira a máquina fotográfica. Ou o smartphone. Algo com que possa registar tudo aquilo que o meu olho vê e pelo qual se apaixona. Porque a fotografia é isso mesmo. É algo de todos e de um só. É algo tão universal e tão particular ao mesmo tempo. Tão de cada um de nós. São memórias que escolhemos captar e que assim ganham mais valor. Eternizam-se.

Viagem ao Porto - Torre dos Clérigos
Fotografia retirada do site pixabay.com.pt

Chego ao Porto e sinto-me aconchegada. O dia passa-se a descobrir cada recanto, cada rua… Vejo uma cidade sombria mas cheia de mistério. Uma cidade com tanto para nos dar.

Desde “a ribeira até à foz” como já se dizia na música de Rui Veloso.

Lembro-me de há uns dias ter visto uma imagem no Pinterest com ideias sobre decoração. E agora, ao caminhar por aqui, vejo nesta cidade todo o potencial para pôr essa ideia em prática!

Exemplo de emolduramento em caixa, retirado do blog “Athletes Abroad”, que pode ser efectuado numa loja Fotosport.

Basicamente, pegamos em objectos simbólicos de uma viagem e emolduramos tudo! Desde as moedas que nos sobraram no fim do dia, aos bilhetes do comboio ou do metro, ao postal que comprámos na lojinha da estação, quando o comboio já estava quase a partir.

Nenhuma recordação se deixa para trás! E todas elas merecem destaque em nossa casa, merecem estar à vista! Se for como eu, há sempre aquele cantinho lá em casa que ainda está meio despido, sem graça, e do qual não sabemos muito bem o que lá pôr. Então está na hora de lhe dar vida!

Quando convidarem os amigos para uma jantarada vai ser garantidamente um motivo de conversa e de avivar boas memórias. E porque não, surpreender também, a nossa cara-metade ou o melhor amigo com uma prenda destas?

Experimente! Ah, e já agora, partilhe connosco o resultado final e quem sabe até, a história da sua viagem, aquela onde tanto fotografou, e onde tanto foi feliz!