Dicas para Fotografar os dias de Inverno

Este post é dedicado para aqueles que mesmo com um frio de arrepiar os cabelos não largam a Máquina fotográfica.

Até porque, mesmo com um frio de rachar, são conseguidas imagens de cortar a respiração! Para os amantes de fotografia, compilamos um conjunto de dicas para as fotografias capturadas no inverno.

Mantenha as baterias quentes

A primeira coisa que provavelmente notará é que baterias não têm menos energia em temperaturas frias do que em temperaturas quente. Para tirar o máximo proveito das baterias, certifique-se de que elas estão totalmente carregadas antes de sair. Além disso, leve baterias de backup. Mantenha as baterias num bolso próximas ao corpo pois o calor que irá gerar ajudará a mantê-las relativamente quentes.

 

Proteja o equipamento

Tome precauções com o próprio equipamento. O piso da neve é sempre muito irregular, e basta um pequeno percalço para deixar cair a máquina e acontecer um acidente! Aconselhamos a comprar uma proteção externa para a máquina de forma a dar maior resistência e estabilidade na captura das fotos. Esta proteção poderá ser essencial para que a máquina não se molhe, ou parta. Consideramos que é um investimento a ter em conta para quem tanto gosta de tirar fotos no inverno.

Atenção à exposição

A neve brilhante tende a enganar a máquina fazendo com que se pense que a cena é muito mais clara e brilhante do que realmente é. É nesse preciso momento que deve tomar controlo e fazer os devidos ajustes. Muitas vezes julgamos que a imagem está clara o suficiente, no entanto, a neve sendo branca e bastante brilhante pode induzir em erro o leitor do ponto médio da exposição. Aconselhamos a verificar as zonas mais escuras e ajustar a exposição com uma compensação ou alterar o ponto de medição.

Luvas Quentinhas

Ficar com os dedos congelados não parece boa ideia, até porque iria dificultar, e muito, a captura da imagem! O nosso conselho: Usar uma luvas bem quentes e com aderência! Certifique-se de levar juntamente com o seu kit fotográfico um bom par de luvas. Quando temos de ajustar velocidades, ISO, diafragmas, enquadramento, etc. em temperaturas negativas ficamos com dificuldades em movimentar as mãos, demorando ainda mais na captura da imagem! Para conseguir um fluxo de trabalho mais dinâmico o melhor será optar por umas luvas quentes mas finas o suficiente para permitir que possa trabalhar com os botões rapidamente.

Deixe o equipamento adaptar-se à temperatura

As mudanças repentinas de temperatura podem ser difíceis para a máquina fotográfica principalmente para o sensor. Espere que o equipamento se adapte à temperatura ambiente para conseguir tirar o melhor proveito do desempenho da mesma. O fundamental é deixar que a máquina se ambiente à temperatura ou ajustar a exposição da máquina ao meio ambiente. Caso o sensor da máquina fique embaciado, não entre em pânico, é uma reacção natural à diferença de temperatura, basta retirar a lente e voltar a colocar, na maioria dos casos é difícil acontecer mas fica aqui a dica!

Nada melhor do que ver as fotos deste inverno impressas num espectacular quadro em alumínio. Uma obra de arte totalmente futurista e irreverente.  Este material é caracterizado pela sua peculiaridade de transformar o que está a branco na superfície metálica, ficando assim com um efeito metalizado. É sem dúvida um material que confere um toque artístico, moderno e muito criativo para os mais inovadores e que gostam de arriscar.

Outra solução também bastante interessante são as telas desde 16.90€ no nosso site com entrega gratuita em loja.