Dia dos Avós

Em alguns países comemora-se o Dia dos Avós no dia 26 de Julho. Mas alguma vez te perguntaste como surgiu este dia?

 

Segundo o site Avós no Mundo, a ideia de instituir o dia 26 de Julho como Dia dos Avós em Portugal foi protagonizada no final dos anos 80 pela D. Ana Elisa do Couto Faria, com cerca de 66 anos; avó de quatros meninas e dois meninos, nascida na cidade de Penafiel.

Para a “D. Aninhas”, como era chamada pelos amigos, esta celebração era tão importante como o Dia da Mãe, ou o Dia do Pai. Representa sabedoria, e tradição familiar. Este dia tinha como objectivo homenagear a figura tutelar dos avós como guardiões das tradições familiares e como um forte componente de ajuda ao combate da solidão dos avós pelo menos num dia no ano.

Ana Elisa do Couto era uma de nove filhos e com o passar do tempo veio a perceber a importância dos seus pais na educação dos netos e como estes representavam pilares essenciais no seu crescimento.

Com cerca de dezasseis anos viajou por vários países transmitindo a mensagem do dia 26 de Julho. Não se poupou a esforços para fazer nascer o “dia”. Recorreu a diversos organismos da igreja católica, meios da comunicação social e deputados, e usava todos os meios ao seu alcance.

Após muita perseverança, em Portugal a Assembleia da Republica aprovou, pela resolução 50/2003 de 04 Junho, o Dia 26 Julho como o Dia Nacional dos Avós. Este dia foi escolhido como o Dia dos Avós porque era o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

«Aproveitar um bom conselho requer mais sabedoria do que dá-lo» (Jonh Collins). Consta que ela usava diversas vezes esta frase, que lhe era muito querida quando se expressava perante jovens:

“Nós avós, encarados como  fatores de transmissão cultural, depositários da história familiar e como elo de ligação entre o passado e o futuro, permitem-nos a consideração de que a construção da sociedade futura é uma tarefa em que podemos desempenhar um papel chave(…). Com a sabedoria dos costumes, lendas e tradições, referências de enorme valor, devemos, com a realidade sempre presente, realçar os tempos duros passados onde, apesar de tudo, na cooperação social havia o maravilhoso sentimento do amor! ”

Mostra tu também aos teus avós que valorizas este dia assim como a presença deles na tua vida. Nós temos sugestões que irão sem dúvida relembrar bons momentos.

Faz um álbum digital Dreambooks com as tuas melhores fotos ou oferece um presente personalizado como uma tela, uma caneca, ou um porta-chaves, e para melhorar usufrui até 25% de desconto nos produtos assinalados.

O Poder da Perspectiva

O poder da perspectiva foi posto à prova pela Canon Austrália através de uma experiência muito interessante. A capacidade de interpretar um assunto, objecto ou pessoa cabe em grande parte ao fotógrafo e foi isso que a Canon decidiu abordar, este poder da perspectiva que se encontra em grande parte nas mãos do fotógrafo.

A experiência

Seis fotógrafos foram informados de seis histórias diferentes sobre um único homem que teriam de fotografar. Foram determinados seis backgrounds diferentes para o mesmo homem, seis histórias, seis origens: milionário, ex-presidiário, psíquico, alcoólico, salva-vidas e pescador. Aos fotógrafos era dado o nome do homem (Michael) e a sua história (uma única história que correspondia a uma condição ou profissão) e era pedido que fotografassem Michael num estúdio igual para todos com exactamente os mesmos adereços.

O resultado

Mediante cada história contada sobre Michael a cada fotógrafo, a fotografia tomou proporções bastante diferentes mostrando-nos o verdadeiro poder da perspectiva e do poder da sugestão quando se trata de fotografar um sujeito ou objecto. “Uma fotografia é moldada mais pela pessoa por trás da câmara do que pela pessoa que está à frente dela”, escreveu a Canon Austrália no vídeo produzido para a campanha.

O Poder da Perspectiva: Fotografias

O poder da Perspectiva
Michael, Alcoólico

 

o Poder da perspectiva
Michael, Milionário

 

o poder da perspectiva
Michael, Pescador

 

o poder da perspectiva
Michael, Ex-presidiário

 

o poder da perspectiva
Michael, Psíquico

 

poder da perspectiva
Michael, Salva Vidas

Focada a importância do fotógrafo e a necessidade de criar laços com o assunto que se vai fotografar, esperamos que tenha agora inspiração e vontade de pegar na sua câmara para fazer arte. 🙂

O poder da perspectiva parte de cada um e torna-se magnífico à nossa maneira. Um amanhecer fotografado pela Fotosport nunca vai ser igual ao amanhecer que capturou com o seu olhar, por isso importamo-nos com a qualidade dos trabalhos que imprime connosco e incentivamo-lo a fazê-lo cada vez mais. Queremos que as suas recordações sejam fiéis às suas perspectivas e estimamos que preencha a sua vida com memórias construídas por si desde o disparo até à impressão.

Recorde bons momentos! 🙂